sábado, 5 de março de 2011

Psicodália terá 30 bandas e shows nacionais de rock

Começa o maior evento multicultural da região


Rio Negrinho – Às 12 horas de ontem abriram-se os portões para o maior festival multicultural do sul do país. O Psicodália 2011 conta com atrações de peso, como o tropicalista Tom Zé. Os 4 mil ingressos esgotaram e um novo lote com outros mil foi providenciado pela organização.
“Se atingirmos as 4 mil pessoas que esperamos já estaremos felizes, pois nos programamos de acordo com o público do ano passado”, conta Klauss Pereira, um dos organizadores do festival. A estrutura física com palcos, latões para separação do lixo e placas indicativas das barracas e áreas de camping começou a ser montada ainda na semana passada. “Desde sexta-feira já estão com dois seguranças na porta e outros dois lá dentro, fora os vigias à noite”, diz um dos seguranças da portaria.
O evento é mais um grande atrativo turístico da cidade, uma vez que reúne milhares de pessoas de outros estados, como Paraná, São Paulo e Minas Gerais. “Hotéis lotam, postos de combustíveis terão lucros e compramos muitos itens nos mercados da cidade”, informa Klauss.

História

O evento existe desde 2001 com o intuito de trabalhar pela cultura. A música é o carro chefe, mas cada vez mais as oficinas tomam conta do espaço. “Queremos reunir pessoas de bem, famílias inteiras, em torno de um clima alto astral”, comenta.
A preocupação com a natureza é outro destaque do evento. Desde o início da semana, eles trabalham na limpeza da Fazenda Evaristo, local do Psicodália. Latões de lixo com indicações do que se pode jogar ali (como latas e plástico) estão espalhadas por toda a fazenda, especialmente próximo aos palcos.
Ali impera a filosofia da paz e do amor. Segundo os seguranças, no ano passado na primeira edição não houve brigas. A Polícia Militar fez rondas na fazenda, mas também não registrou ocorrências. Apenas dois jovens invadiram de Rio Negrinho o local. Um deles queria arrumar confusão e o outro furtar o camping. “O pessoal da organização pediu para tirar eles, mas frisou que não deveriam ser agredidos de qualquer forma, são muito tranquilos e não gostam de violência mesmo”, revela um segurança.

Música

Serão três palcos para receberem 30 bandas. O Palco da Noite funciona das 20 às 2 horas. O Palco dos Guerreiros, dentro do Restaurante Rancho Campeiro, estará aberto das 3 às 5 horas e o Palco do Sol receberá bandas das 13h30 às 17h30.
Na 14ª edição do festival, os destaques musicais ficam por conta do tropicalista Tom Zé, a banda setentista O Terço, International Jazz Band, com 45 anos de estrada e a lendária banda pernambucana Ave Sangria. Engana-se quem vai ao evento no carnaval esperando encontrar samba e pagode, o estilo predominante é o rock.
Além de Klauss Pereira, o evento é idealizado pelos curitibanos Alexandre Osiecki e Juliana Henriques. Durante o ano todo ocorrem eventos com o mesmo objetivo, no Paraná. As áreas de camping são arborizadas, banheiros espalhados por toda a fazenda, farmácia, ambulatório, mercearia, praça de alimentação no salão, bares, lagoa, estacionamento e a tirolesa para diversão dos participantes.

Texto: Jean Carlos Knetschik

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recadinho para Nós!